A amamentação e o vínculo entre mãe e bebê

A amamentação e o vínculo entre mãe e bebê

Além dos conhecidos benefícios à saúde tanto da mãe quanto do bebê, a amamentação tem também impacto nas emoções, e ajuda a criar e fortalecer o vínculo entre mãe e filho.

O fato está relacionado a aspectos fisiológicos. Quando nasce, o bebê consegue focar melhor objetos e rostos mais próximos, a cerca de 20 a 30 centímetros de distância, e o aleitamento materno fornece as condições ideais para que ele visualize o rosto materno.

O contato com a mãe que ocorre na amamentação também estimula os sentidos do bebê. O leite, o calor e o corpo da mãe, seu cheiro e o som dos batimentos cardíacos o instigam, e o prazer proporcionado durante o aleitamento e o amparo da mãe fazem com que o bebê se sinta acolhido e seguro. A mãe também sente os efeitos: seu corpo libera ocitocina, conhecido como o hormônio do amor, o que favorece o afeto da mãe pelo bebê.

Quem não pode amamentar não terá necessariamente um relacionamento ruim com seu filho. A criação do vínculo é um processo, e tende a se fortalecer diariamente no convívio da mãe com o bebê.

Confira a matéria completa: http://glo.bo/1LbOn0o

A amamentação e o vínculo entre mãe e bebê