Por que o pai não ajuda a cuidar do bebê?

Alimentação pós-parto

O bebê nasceu, porém você sente como se aparentasse ainda estar grávida, de cerca de cinco meses. Isso é comum a todas as mamães: o útero, que antes tinha o tamanho de uma pera, expandiu-se ao tamanho de uma melancia, e agora se assemelha a um melão. Alguns quilos extras também sobram, mas é possível recuperar o peso anterior sem muita dificuldade.

A primeira medida para perder o peso com sucesso é amamentar: o ato produz o hormônio ocitocina, que provoca a contração do útero e estimula seu retorno ao tamanho normal. Além disso, o aleitamento consome cerca de 700 calorias por dia.

A segunda medida, portanto, é uma alimentação saudável para estimular a produção de leite e perder o peso que está sobrando. O importante nessa fase é consumir nutrientes necessários para a saúde, sem adicionar calorias na dieta – que devem ser cerca de 1900 por dia, neste período.

Para não ganhar peso após o parto, devido à fome que a amamentação provoca, as dicas são: evitar sobremesas e doces; não pular refeições; ao sentir vontade de doces, substituí-los por frutas cozidas ou doces de frutas sem açúcar; e evitar sopas de pacote, pois contêm alta quantidade de sódio e estimulam a retenção de líquido.

Confira uma sugestão de dieta pós-parto: http://abr.ai/1Ja3RRC
Alimentação pós-parto