Lei antifumo reduz número de parto prematuros, diz pesquisa

O número de nascimentos prematuros e de idas ao hospital devido à asma caiu substancialmente em algumas regiões dos Estados Unidos, do Canadá e da Europa, em um ano após as leis antifumo entrarem em vigor.

Segundo os pesquisadores, mais de um milhão de bebês morrem anualmente no mundo por conta da prematuridade. É possível reverter esse quadro, reduzindo o número através das leis antifumo.

Confira a matéria na íntegra. http://bit.ly/P3eUDW

Lei antifumo reduz número de parto prematuros, diz pesquisa