Teste da linguinha em recém-nascidos é obrigatório em todo o país

Teste da linguinha em recém-nascidos é obrigatório em todo o país

A partir do final de dezembro de 2014, hospitais e maternidades das redes pública e particular devem, obrigatoriamente, realizar o teste da linguinha em recém-nascidos. O exame detecta se há alteração no frênulo, membrana que liga a língua à parte inferior da boca, conhecido também como freio. A presença de alteração pode gerar a popular língua presa.

Os problemas causados pela alteração vão além das dificuldades na fala. A alimentação no caso dos recém-nascidos pode ser prejudicada, pois a sucção é afetada.

Dependendo da gravidade, o problema pode ser resolvido através de um procedimento cirúrgico conhecido como “pique”, um corte feito no freio para que a língua tenha mais movimento. O procedimento dura poucos minutos e conta com anestesia local.

A avaliação e a cirurgia são oferecidas gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Confira a matéria completa: http://bit.ly/1BfX3Lg

Teste da linguinha em recém-nascidos é obrigatório em todo o país