Estou grávida! O que devo fazer agora?

Estou grávida! O que devo fazer agora?

O exame deu positivo. Você está  grávida.  A partir de agora surgem as grandes dúvidas acerca das atitudes e providências a serem tomadas. Você já deve ter ouvido falar da consulta pré-natal. Via de regra, o acompanhamento pré-natal é fundamental para o desenvolvimento de uma gravidez saudável, portanto a primeira atitude a ser tomada pela nova mamãe é sim a marcação da consulta pré-natal com um ginecologista de sua confiança. As consultas devem ocorrer de forma gradativa, o que significa que até a 32a semana de gestação você verá o médico uma vez ao mês, a partir dai até a 36a semana de gestação, você o verá duas vezes ao mês e até  a conclusão da gestação, que deve ocorrer na 40a semana, você terá consultas semanais.

A consulta pré-natal é também de extrema importância a mãe, pois permite a aproximação entre ela e o profissional que será responsável pelo parto do bebê.  Em tais consultas, você deverá tirar suas dúvidas, contar seus medos, inseguranças e percepções referentes a essa nova fase.

Mas o que ocorrerá na minha primeira consulta pré-natal?

Na primeira consulta o médico irá examiná-la de uma forma geral, o peso, a pressão arterial e a altura serão medidos. O pescoço, as mamas, o abdômen, o coração e o pulmão também serão examinados. Será realizado um exame pélvico para observar o tamanho do útero, a posição dele e se há ou não  alguma anomalia ou deformidade da região. O médico irá solicitar uma série de exames importantes para verificar possíveis problemas, alguns exames que podemos citar são : hemograma completo, para verificar a contagem de glóbulos brancos e vermelhos, exames que detectam alguma DST – Doença sexualmente transmissível, exame que detecta a tipagem sanguínea (ABO e Rh), exame de urina e assim por diante.

Você já deve estar se perguntando sobre a ultrassonografia, e é muito comum as mamães pedirem a repetição desse exame, já que permite o acompanhamento visual do bebê.  O primeiro ultrassom é feito para detectar o tempo de gestação – Isso é calculado através da medida da distância da nuca do bebê até a nádega. A determinação do sexo pode ser  realizada após a 16a semana de gestação. O ideal é a realização de três ultrassonografias durante a gestação. As ultrossografias podem ser em 2D, 3D ou até mesmo 4D, as duas últimas permitem uma visualização em três dimensões do bebê, podendo incluir movimento.

Outros exames ligados diretamente ao feto serão solicitados, mas para isso é fundamental que o seu acompanhamento médico seja constante e que seja mantido de forma rigorosa. Tomando tais providências você garantirá uma vida saudável ao bebê que está para chegar, além de proporcionar a você mesma uma gestação tranqüila e digna de ser aproveitada ao máximo.

Boa sorte!