Parto normal (parte III)

O Terceiro período – Dequitação

Após o nascimento do bebê, inicia-se a terceira fase do parto normal, chamada fase de dequitação ou secundamento.

Essa fase é caracterizada pelo desprendimento da placenta, seguido de sua descida e expulsão do corpo materno através da vagina. Esse evento costuma ocorrer minutos após o nascimento do bebê e a mamãe poderá sentir algumas contrações, ainda que mais fracas. Essas contrações diminuem o volume do útero, fazendo com que a placenta perca a elasticidade que tinha anteriormente, portanto ela é descolada para fora do corpo. As membranas fetais só serão eliminadas após o desprendimento completo da placenta.

Eventualmente, o médico poderá auxiliar a mamãe no processo de expulsão da placenta, massageando a sua barriga e puxando a placenta para fora. A placenta deverá ser examinada pelo médico, para que se tenha certeza de que ela foi eliminada completa.

Podem existir alguns riscos nesse período, que são: a hemorragia ou a retenção placentária, mas exames rotineiros após o parto irão verificar o canal do parto e identificarão possíveis lesões no local.

Após conhecer as fases do parto normal, pode ser que a mamãe se pergunte quais as vantagens dele em relação aos outros tipos de parto. A seguir, listaremos algumas vantagens do parto normal:

– O bebê nasce no seu tempo natural.

– A recuperação é rápida, sendo que a permanência no hospital é breve (cerca de 24 horas).

– O parto normal tem menos complicações que os demais, sendo que o risco de infecções é menor.

– Por ser mais tranquilo e mais rápido, a lactação é favorecida.

– O útero retorna ao tamanho normal mais rapidamente.

– Os próximos partos normais que a mulher tiver ao longo de sua vida serão mais fáceis que o anterior.

– Exige menos intervenção do médico.

– A mulher sentirá menos dores e voltará a sua rotina mais rapidamente.