Amamentação prolongada

A amamentação prolongada ainda é vista com preconceito, porém não há embasamento científico contra a amamentação até os dois anos ou mais. Ela traz, na verdade, diversos benefícios – inclusive quando comparada à duração de apenas 6 meses.

A amamentação continuada promove, para a criança: diminuição do risco de alergias, proteção contra infecções respiratórias, melhor nutrição, menor risco de hipertensão, colesterol alto, diabetes e obesidade, melhor capacidade cognitiva e melhor desenvolvimento da cavidade bucal, entre as principais vantagens.

Leia a matéria completa.

Amamentação prolongada