Amamentar diminui o risco de depressão pós-parto

Amamentar diminui o risco de depressão pós-parto

Uma investigação das universidades do Minho e Miami (EUA) concluiu que a amamentação aumenta o bem-estar psicológico das mães e diminui o risco de depressão pós-parto.
O estudo procurou verificar se a depressão durante a gravidez interferia na duração da amamentação exclusiva, e se esta reduziria o risco de depressão pós-parto. Os resultados da análise de 145 mulheres revelaram que o aleitamento em exclusivo por um mínimo de três meses beneficia o ajustamento psicológico da mãe após o parto, e pode reduzir a incidência da depressão.

Saiba mais.