Cama compartilhada e objetos no berço podem oferecer riscos ao bebê, diz pesquisa

O desejo de sair da maternidade e levar o bebê para casa o quanto antes é grande. No entanto, existem diversas indicações médicas para aumentar a segurança do recém-nascido durante esse período.

Uma pesquisa revelou quais são os maiores fatores de risco durante o sono infantil, nas mortes de crianças entre 0 e 3 meses, 74% dormiam na mesma cama que os pais. Já entre os 4 meses e 1 ano, 39% dos falecimentos ocorreram em berços repletos de objetos como travesseiro, cobertor e brinquedos.

Saiba mais.

Cama compartilhada e objetos no berço podem oferecer riscos ao bebê, diz pesquisa