Câmara proíbe trabalho insalubre durante gravidez e amamentação

A lei que determina o afastamento das gestantes e lactantes do trabalho, operação ou locais insalubres foi aprovada pela Câmara dos Deputados. O projeto prevê que a mulher poderá exercer suas atividades em local salubre durante a gravidez e lactação, sem sofrer diminuição no valor do salário. Desse modo, receberá o pagamento em valor integral, incluindo o adicional de insalubridade.

O texto segue para o Senado e já foi aprovada pela Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público.

Saiba mais.

 Câmara proíbe trabalho insalubre durante gravidez e amamentação