Chás que a grávida não pode tomar e você nem sabia

Sabe-se que há medicamentos que precisam ser evitados pelas gestantes mas, além destes, alguns chás e ervas naturais também podem oferecer os mesmos danos.

A mestre em ciências da saúde pela Universidade Federal de São Paulo, especialista em nutrição para gestantes, Fernanda Mariz, alerta que o uso pouco cuidadoso de plantas medicinais pode causar diversas complicações, incluindo a diminuição da quantidade de leite e até o aborto.

Os chás que devem ser evitados são:

Chá de canela, pois pode provocar constrição sanguínea e contração dos músculos do útero.

Chá de hortelã, que diminui a produção de leite. Deve ser evitado durante a gravidez e principalmente durante a amamentação.

Chás de boldo, arruda, confrei, espirradeira, losna, entre outros, pois possuem componentes com efeitos tóxicos que podem causar aborto.

E chás preto, verde, branco, mate e banchá, pois aceleram o metabolismo e podem causar mal-estar e palpitações cardíacas.

Há, entretanto, chás que trazem benefícios e podem ser consumidos, como os de camomila, erva-cidreira, capim-limão e erva-doce, que aumenta a quantidade de leite materno.

Saiba mais.
Chás que a grávida não pode tomar e você nem sabia