Chegada do inverno aumenta risco de pré-eclâmpsia

Com a temperatura mais baixa do inverno, é comum o aumento da pressão arterial por conta da contração dos vasos sanguíneos para conservar o calor no corpo. Como consequência, aumentam as ocorrências de pré-eclâmpsia, que traz danos à mãe e ao bebê.

É importante ter muita atenção, pois o aumento da pressão leva  a uma alteração do fluxo de sangue útero-placentário, podendo ocorrer a restrição do crescimento fetal e alteração da vitalidade, tornando muitas vezes necessário adiantar o parto.

Saiba mais.

10.Chegada do inverno aumenta risco de pré-eclâmpsia