Criança só deve usar suplemento alimentar após avaliação criteriosa

Os suplementos e fortificantes alimentares geralmente não resolvem o problema de uma criança que se alimenta de forma pouco saudável, por exemplo, e são, no máximo, solução temporária. Quando há o diagnóstico correto de que a criança enfrenta uma dificuldade alimentar e que isso acarreta problemas de saúde, o tratamento deve ser multidisciplinar.

Quando necessários, os suplementos completos são os mais indicados. Estes são balanceados, têm quantidades corretas de vitaminas e de minerais, e sua ingestão pode melhorar a defesa imunológica da criança e garantir um consumo adequado de calorias e micro e macronutrientes.

O suplemento, como o nome indica, nunca deve substituir uma refeição.

Saiba mais.

Criança só deve usar suplemento alimentar após avaliação criteriosa