Estudantes norte-americanos criam campanha que defende a privacidade à amamentação em público

Os universitários Johnathan Wenske e Kris Haro, do texas, criaram uma campanha que exibe imagens de mulheres amamentando em situações desconfortáveis, como em banheiros públicos. A campanha defende uma nova lei no Texas, que pretende trazer proteção às mães, e direito de denúncia e punição a qualquer assédio ou discriminação.

Isso porque, apesar de a amamentação em público ser permitida por lei, as mães têm que lidar com a discriminação e o assédio, além de diversos estabelecimentos privados, como restaurantes, que proíbem o ato. A lei proposta promove também a educação da sociedade sobre o ato natural da amamentação.

Saiba mais.

Estudantes norte-americanos criam campanha que defende a privacidade à amamentação em público